Notícias Fecomercio

28 de fevereiro de 2019

Empresário do setor de serviços deve aproveitar momento favorável para reduzir despesas desnecessárias


Setor registrou alta de 14,7% em 2018 na capital paulista; expectativa para 2019 segue positiva

O ano de 2018 foi bastante positivo para o setor de serviços na cidade de São Paulo, e a expectativa para este ano não é diferente. De qualquer modo, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) orienta que os empresários evitem o endividamento e priorizem a boa gestão das contas, possivelmente cortando ou reduzindo despesas desnecessárias.

Em dezembro do ano passado, o faturamento do setor de serviços paulistano somou R$ 35,1 bilhões, a maior cifra para o mês desde o início da série histórica, iniciada em 2010. O resultado aponta alta de 11,3% na comparação com a receita registrada em dezembro de 2017.

O crescimento do ano passado todo foi ainda melhor, de 14,7%. Com isso, a receita do setor totalizou R$ 345,8 bilhões. Os dados são da Pesquisa Conjuntural do Setor de Serviços (PCSS), elaborada mensalmente pela Federação.

Da mesma forma como ocorreu com o comércio varejista, a retomada das receitas do setor de serviços reforça que a economia brasileira vem dando sinais claros de recuperação, que podem ser vistos em indicadores de renda, emprego e crédito.

A expectativa positiva para 2019 é sustentada pela política econômica do novo governo e por eventuais aprovações de reformas estruturais da economia brasileira, como as da Previdência e Tributária. Evidentemente, daqui para frente, tais medidas devem proporcionar melhores condições para o crescimento dos negócios e para a geração de empregos. Confira a matéria completa aqui.

 

Voltar para Notícias

parceiros